Jagunços, agressão e cárcere privado na UFPA



Mais informação:
Na tarde de 29 de novembro, estava programado para o auditório do Centro de Estudos Sociais Aplicados da UFPA o evento "As Veias Abertas da Volta Grande do Xingu". Promovido por umas mais importantes pesquisadoras da UFPA, a profa. Titular Rosa Acevedo, do Núcleo de Altos Amazônicos (Naea), o debate teve que ser suspenso, porque um grupo de cerca de 40 pessoas, chefiadas pelo prefeito do município de Senador José Porfírio, Dirceu Biancardi (PSDB)  invadiram o auditório, ameaçaram de cárcere privado e quase agrediram fisicamente palestrantes do evento. Verdadeiros jagunços atuaram para impedir uma discussão em torno das questões que envolvem os impactos ambientais e sociais advindos da exploração mineral na região.

Vejam:
Nota da Reitoria da UFPA
Matéria publicada na Carta Capital
Não deixem de assinar a Nota de Repúdio



Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »